27.11.2020: DEFICIÊNCIA DE VITAMINA D E GESTAÇÃO

“É absolutamente importantíssimo que uma gestante tome 10 mil unidades. Dez mil unidades de vitamina D por dia é uma dose absolutamente segura, ao longo de toda a gestação. Vai evitar uma série de problemas que costumam acontecer durante a gestação.

“Vai evitar primeiro a infertilidade, aborto de repetição no primeiro trimestre da gestação, vai evitar hipertensão no final da gestação, que a gente chama de eclâmpsia e pré-eclâmpsia, vai evitar o nascimento de crianças autistas.

“…As crianças nascem com um altíssimo desenvolvimento psicomotor: literalmente crianças superdotadas.

“Essa é uma oportunidade única.

“Nós poderíamos revolucionar o ensino no Brasil em poucos anos, pelo simples fato de que as grávidas tomassem dez mil unidades de vitamina D ao longo de toda a gestação.

“… Você imagina se nós déssemos 10 mil unidades de vitamina D para todas as gestantes no Brasil, se o sistema de saúde no Brasil se preocupasse com a gestante, em termos de prover a dose necessária de vitamina D, que é absolutamente de 10 mil unidades por dia, nós faríamos uma revolução neste país. Em 20 anos você teria uma geração capaz de produzir altíssima tecnologia. Seria um salto quântico para o futuro. Que pena estarmos perdendo!

“… Hoje nós sabemos que um dos principais locais de ação no nosso organismo é a placenta. A placenta da gestante é capaz de captar a vitamina D da forma bruta, como ela é ingerida, e ela é capaz de transformar no local a vitamina D na forma ativa, e ao ser transformada na forma ativa, a vitamina D induz a produção de poderosas substâncias destruidoras de micro-organismos, de vírus, de bactérias, de fungos e de protozoários que tentam atravessar a placenta para atingir o feto. Eles são destruídos por essa substância. É fácil vocês encontrarem na Internet essas duas grandes famílias de substâncias, que são muito mais que antibióticos, que são antivirais, antifúngicos, antiprotozoários. Essas substâncias são chamadas defensinas e catelicidinas.”

Dr. Cicero Galli Coimbra, neurologista, Ph.D.
Diretor do Laboratório de Neuropatologia e Neuroproteção da UNIFESP (Universidade Federal de São Paulo); Doutorado em Medicina e Professor Livre Docente Associado na mesma instituição.
https://protocolocoimbradrcicerogalli.com/

https://instagram.com/vitaminad.protocolocoimbra?igshid=1weeaydxfpmk0

Um comentário em “27.11.2020: DEFICIÊNCIA DE VITAMINA D E GESTAÇÃO

Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: