16.11.2020: DEPOIMENTO – PROTOCOLO COIMBRA E FIBROMIALGIA

PROTOCOLO COIMBRA E FIBROMIALGIA

Por Simone Folli Andrés

“Meu nome é Simone. Sou médica e quero compartilhar um pouquinho da minha história para, quem sabe, servir de ajuda a alguma pessoa.

“Durante muitos anos eu me dediquei ao que mais gosto: caminhar! Por conta dessa paixão fui quase uma atleta, percorrendo o caminho de Santiago de Compostela, Torres del Paine, trilha Inca no Peru, Ponta da Joatinga, entre outras aventuras que sempre representaram uma grande alegria nos meus momentos de lazer.

“Aos 40 anos de idade engravidei pela primeira vez, de forma espontânea, aos seis meses de casada.

“Com a evolução da gestação comecei a sentir fraqueza muscular, fadiga vespertina, dormência nas mãos e sintomas importantes de hipersensibilidade à dor, mas, otimista como sou, achei que isso poderia fazer parte daquele momento: afinal eu havia engordado, etc.

“Meu bebê nasceu bem. Os sintomas de fraqueza melhoraram, mas nunca desapareceram. Com o passar dos anos as dores foram aumentando lenta e progressivamente, acompanhadas por fraqueza muscular, dormência nas palmas das mãos e fadiga, o que não me permitia mais praticar longas caminhadas, exatamente como na gestação.

“Após alguns anos, por misericórdia divina, em um almoço familiar eu me encontrei com uma prima, paciente do Protocolo Coimbra, que inicialmente me explicou como funciona o tratamento. Passei a seguir no Facebook os grupos que tratam do assunto, por pura curiosidade.

“Após mais ou menos dois anos acompanhando as postagens, observei que meus sintomas só pioravam. Quando já não conseguia subir escadas, assustada, acabei por fazer meu diagnóstico de fibromialgia.

“Estou fazendo tratamento com altas doses de vitamina D há pouco mais de um ano. Observo que a melhora ocorre de forma gradual e efetiva. Embora ainda tenha algumas recaídas, que são sempre muito mais leves que as anteriores, agora começo a ter disposição para pequenas caminhadas e já consigo subir três andares de escadas no hospital onde trabalho, entre um setor e outro.

“Estou tão feliz com meu tratamento que me transformei em uma divulgadora das doses fisiológicas de vitamina D, especialmente neste momento de pandemia. Acredite: nenhum dos meus conhecidos, parentes ou amigos medicados com doses fisiológicas tiveram gravidade nos seus sintomas de coronavírus. Nenhum! Dentre eles estão meus pais, com 87 e 90 anos de idade.

“Espero ter contribuído de alguma forma. Deixo aqui os meus sinceros agradecimentos ao Dr. Cicero Coimbra e ao Dr. Danilo Finamor, médico que me acompanha no tratamento, porque pude voltar a ter uma vida normal, feliz e produtiva junto à minha família.”

Revisão de texto: Cleusa Falkenbach

Site:
http://www.protocolocoimbravitaminad.com.br

https://instagram.com/vitaminad.protocolocoimbra?igshid=sncwbw27ndx8

https://protocolocoimbradrcicerogalli.com/

Um comentário em “16.11.2020: DEPOIMENTO – PROTOCOLO COIMBRA E FIBROMIALGIA

Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: